Verdade Ou Mito: A Dívida Prescreve Em 5 Anos?

Verdade ou Mito: a dívida prescreve em 5 anos?

Certamente alguma vez você já tenha escutado alguém dizer que basta apenas esperar cinco anos de negativação para que a sua dívida suma e o nome fique outra vez limpo, não é verdade? Mas é interessante não se deixar enganar já que uma parte desta história se trata de um grande mito pois na verdade sua dívida não some.

O que o código de Defesa do Consumidor fala sobre o assunto?

Conforme dados divulgados pelo CDC, sempre que seu nome parar no cadastro de maus pagadores de empresas como por exemplo o Serasa e o Serviço de Proteção ao Crédito o SPC, ele deverá ser limpo de forma automática depois de cinco anos. Esta parte é uma grande verdade, onde mesmo sem quitar dívidas seu CPF acaba voltando ao normal depois deste período.

O que é um grande mito é a dívida acabar deixando de existir. A partir do momento que a dívida prescreve ou caduca isto não quer dizer que você está liberado de realizar o pagamento. O que acontece é que após cinco anos seu nome sai do cadastro de negativados, mas o valor devido ainda não foi pago e a empresa pode continuar cobrando você por esta dívida.

As regras citam que o nome deverá sair do SPC e Serasa somente, mas se você ficou devendo em uma instituição bancária ela poderá guardar esta informação no próprio banco de dados por muitos anos. Assim você terá grande dificuldades em solicitar empréstimos neste mesmo banco, tendo de passar muitas vezes os cinco anos.

Durante este período de espera para a dívida prescrever você não consegue realizar nenhum tipo de financiamento e terá dificuldades para pedir empréstimos ou solicitar parcelamentos de compras. Por isso agora você já sabe que não compensa deixar a dívida prescrever, se possível procure negociar o valor e quite o mais rápido possível este tipo de pendência.

Como deve funcionar a cobrança de uma dívida?

Caso você tenha dívidas em bancos ou em cartões de crédito, que deixou de pagar, o próprio banco deverá tentar realizar a cobrança. Se não tiver resultados, algo comum é que o banco ou a empresa de cartão de crédito venda a sua dívida para uma empresa especializada em cobrança, e tanto o banco como a empresa de cartão possui um direito legal para fazer isto.

As empresas de cobrança possuem uma especialização para cobrar os devedores. Seu objetivo é conseguir o máximo possível de acordos para recuperar o dinheiro. Por isso muitas vezes acontece de dívidas que o banco não estava mais cobrando, de repente uma empresa de cobrança volta a entrar em contato com você em uma certa frequência.

Após muitas tentativas de cobrança o banco acaba vendendo a dívida para empresas especializadas na área de cobrança, depois estas empresas de cobrança deverão fazer diversas tentativas. Dependendo dos valores de dívidas, em algum ponto as empresas desistem de cobrar já que entendem que o custo de cobrar é superior do que o dinheiro que terão ao receber.

Muitas pessoas falam que a dívida com bancos ou cartões de crédito caduca, mas nisso temos uma meia verdade, o grande fato é que a dívida continua existindo e você nunca saberá se a empresa irá desistir da cobrança ou não. Por este motivo, se você tiver condições, vale a pena negociar acordos para quitação de dívidas e tirar este grande problema de sua vida que pode prejudicar em diversas situações.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICAÇÕES RECOMENDADAS